Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VAGA AO LADO

Um ponto vago, como se fora uma eterna interrogação...Faz minha poesia sentido, tamanha solidão? Qual derrame hemorrágico, esvai-se de mim um pedaço, como de um verso arrancado, deixando o poema inacabado, cravado em meu coração. A vida já se foi quase toda, e ainda procuro o início que rime com alegria ou momento feliz, sei que posso fingir minha dúvida, mas meus olhos apontam essa loucura, tantas casas que deixo sem minha procuração.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 04/02/2017
Código do texto: T5902970
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
811 textos (59878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 20:34)
Jose Carlos Cavalcante