Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE NOVO

Da lua eu sonhei as flores, o soldado que a matou, por onde passou, a procura da sua amada. A noite já me viu bêbado, entorpecido, desgraçadamente esquecido, esquecendo os amores nunca vividos. O sol da manhã já me despertou para a luta, porém, sem motivo, atrativo de quem sonha um tesouro. Também já vi o mar, fiz poesia nas ondas, nos ventos, nos castelos de areia, nos sonhos loucos de amar uma sereia. Fiz de tudo um pouco, parece toda uma vida, mas ao acordar descubro que a vida está só começando.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 06/05/2017
Código do texto: T5990949
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
811 textos (59878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 20:50)
Jose Carlos Cavalcante