Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Prece sem Esperança

Você foi os meus melhores dias e os piores meses
Sendo apenas minha saída sem saída
Uma cura que adoece, como reza sem fé
Então é essa a minha última sentença?
Porque eu só queria sentir as vezes
Como é ser normal numa cidade que nunca adormece
Mas você prefere ser apenas
Minha prece sem esperança

É só mais um dia de verão acinzentado
E eu sou só mais um novo nome na sua lista
Então eu deito e penso em tudo o que foi dito e feito
Mas não há nada acabado desse ponto de vista
Nada que poderia ter dado mais errado

Porque você foi os meus melhores dias de dezembro
E janeiro não demorou pra ganhar a marca de pior mês
Te esperando
Me pego envergonhada
Do outro lado da sala, quando me lembro
Do que fizemos quando estive aqui pela última vez
Me segurando
Não quero me livrar de nenhuma lembrança
Enquanto você continuar sendo apenas
Minha mais devota prece sem esperança

É só mais um dia de verão acinzentado
Pensando, nada poderia ter dado tão errado
Mara Dahmer
Enviado por Mara Dahmer em 14/01/2018
Código do texto: T6226206
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Mara Dahmer
Maracajá - Santa Catarina - Brasil, 24 anos
55 textos (1658 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 09:09)
Mara Dahmer