Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cruel ilusão

Porque cravaste essa estaca em meu peito?
Eu realmente achei que era verdade...
Agora tudo se findou, mais uma vez!!!
Talvez tenha sido melhor...
Sofro agora, para não ser pior depois...
Você era a minha última esperança...
E agora o que restou???
Pedaços que nem o tempo pode juntar...
E toda aquela imensidão de desejos
Num momento se dissipou
Você foi covarde...
Nem ao menos pode agora olhar em meus olhos
E dizer que errou que se arrependeu...
Isso foi imperdoável...
É uma pena, mas não existem esperanças
Esperanças que um dia você as trouxe
Para minha vida sem sentido...
Por um instante pensei em felicidade
Embora seja incorreto
Hoje penso em um modo de retaliação!!!
Luiza Alvedo
Enviado por Luiza Alvedo em 25/08/2007
Código do texto: T623020

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Alvedo
Petrópolis - Rio de Janeiro - Brasil
27 textos (2004 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:21)
Luiza Alvedo