Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

_________COM TANTOS ATROPELOS
A vida é um poço. Uma atividade fascinante, claro. E eu remo, remo, remo... e me despeço do chão e sigo, - mar -  a cantarolar à luz da lua.
Você é bocuda, Laura (me disseram); você fala palavrão demais, Laura (saiba, não há cura!). E remo, remo, remo...
A vida enfiou-se na minha passagem, e um ar úmido saindo de sua boca (abismo), é, pois é, para depois se concluir túmulo.
Envelhecemos, e o que aprendemos? Você sabe mesmo o que anda fazendo? Desviou a vista da luz ao final da caverna? Sem ferir os pés você conseguiu salvar o que julgou caminho?
Ah, menos pílulas e mais dois passos elevados de infinito, assobia! Assobia e segue, pois não dá para calcular a trajetória desses remos.


 
oOoll NOTURNA lloOo
Enviado por oOoll NOTURNA lloOo em 14/03/2018
Código do texto: T6279588
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
oOoll NOTURNA lloOo
Niue - Niue
1413 textos (18663 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/18 20:40)
oOoll NOTURNA lloOo

Site do Escritor