Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraça-me.

Abraça-me
Tô em guerra comigo
Com o mundo
Com os outros

Abraca-me neste escuro
Neste tédio
Nesta solidão

Abraça-me nesta dor
Dor do querer
Dor por não poder

Abraça-me quero chorar
Bem muito
Neste ócio do tudo
Do Nada

Abraça-me,tô com frio
Tô com medo destes pesadelos
Destas insonias

Ontem dormi um cochilo tive um sonho
Estavas perdida com uma mochila na mão
Uma jovem gritava,
Era uma menina sei lá
Vinha ao meu encontro
Entregava algo-me,nem lembro-me mais
Estava sozinha
Perdida
Agoniada
Desiludida
Acordei
Me aliviei....

Sinto dores no corpo
Ao reprimi-los
Sufoca-lo
Nunca nem pensavas
Viver estes conflitos existências

Existes mulheres frente ao seu tempo
Revela quem são
Nem são recalcadas
Nem se escondem perante uma sociedade machista
Escancaram e revelam pra o mundo seus:
desejos,vontades anseios,

Dão a cara suas tapas
Sem medo
Sem represálias
Ó não pergunta nada!
Abraça-me vai!



Riliam
Enviado por Riliam em 16/04/2018
Código do texto: T6310308
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Riliam
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil
811 textos (14093 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/18 14:32)
Riliam