Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECLAMA DE TUDO, ATÉ DA FALTA DE TEMPO PARA SE AMAR!


SE ENCONTRAR TEMPO PARA SE DESPEDIR DESTE MESMO TEMPO QUE ME MANDOU EMBORA...FAÇA!

AMANHÃ É OUTRO DIA E UM NOVO TEMPO!

COISAS VELHAS E DO PASSADO NÃO MAIS SERÃO ACEITAS!

FOI BOM ENQUANTO DUROU!

JOGA FORA TANTO TEMPO E, AINDA, RECLAMA DE SE SENTIR SEM TEMPO!

©Balsa Melo
09.07.2005
UBERABA - MG
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 02/09/2007
Código do texto: T634909
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87946 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 21:16)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)