Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Forja




Um bando de pensamentos transitam pela minha cabeça, as vezes um entra na frente do outro, outras se enfileiram formando histórias, contos e até poemas que morrem antes de chegarem ao papel.

Da mesma forma os sentimentos por vezes bailam ao meu redor, algumas vezes querendo me consumir. Sentimentos felizes deixam o dia mais alegre, dão disposição para eu continuar vencendo os dias com mais vigor. Entretanto sentimentos tristes são pegajosos; arrastam pensamentos, desencorajam tanto que derrubam o corpo.



Vivemos em uma dimensão estreita onde não conseguimos atingir tudo que o potencial imaginado permitiria, porque somos criaturas de padrão não muito recomendável; tal qual transgressores. Haverá mundos outros em outras galáxias onde múltiplas dimensões permitam transmutar pensamentos, sentimentos e ações de forma que os seres possam buscar e encontrar a felicidade de forma mais permanente e nada enjoativa.

Enquanto caminharmos nessa estrada tosca de aprendizado, continuaremos criaturas primitivas e toscas, sendo assim moldados para outras dimensões, outras existências mais esclarecedoras. Engana-se quem acredita que aqui não se formam bases para elevados pensamentos, superiores seres para acordarem em outra dimensão pacificados e estruturados. Afinal não é pelo fogo que se forja o mais duro metal?

Enquanto isso continuam os pensamentos se trombando dentro da minha cabeça e os sentimentos se chocando com a minha realidade no dia a dia. Sou dona da minha circunstância, do meu querer ainda que isso não me baste para compreender o quão terei que aprender com essa condição.

Pois que venham pensamentos, canções, histórias e poemas; se não os tenho aqui como realidade haverão de estar guardados dentro do meu registro para que eu possa recuperar num dia qualquer de alguma existência.

Meus sentimentos acolherei com carinho um a um já que representam minha condição humana de aprendizado e reação à forja que me molda.

{Sempre aceito quando corrigem meus erros gramaticais.}
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 27/06/2019
Código do texto: T6682907
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
1067 textos (59610 leituras)
25 áudios (3289 audições)
1 e-livros (248 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 07:31)
Angélica Teresa Almstadter