Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Socialismo e a História

     Dizer que o Socialismo ignora a História não corresponde inteiramente à verdade.
     Melhor seria dizer que o Socialismo é seletivo aos fatos históricos.
Vamos tomar como exemplo fatos ligados à Revolução Russa de 1917, que é talvez o evento histórico mais marcante para o Socialismo.
     Em 1906 o ministro Stolypin introduziu a reforma agrária na Rússia que criou uma classe de camponeses proprietários de terras que logo se destacaram pela sua prosperidade.
     Esse fato mostrou que existe uma relação entre liberdade e propriedade privada e que a posse dos meios de produção leva a prosperidade e satisfação pessoal.
     Mas esses camponeses, chamados de kulaks foram vistos por Stalin como inimigos da Revolução por serem possíveis focos de resistência à coletivização das terras.
     De 1929 a 1932 foi promovida uma campanha de repressão política, a deskulakização, que entre execuções e fome, foi responsável pela morte de mais de 10 milhões de pessoas.
     Se aceitarmos a tese de que a Revolução era necessária porque o povo russo estava descontente com o governo absolutista do czar Nicolau II, temos que lembrar que a Revolução de Fevereiro de 1917 já o havia derrubado e implantou um governo provisório de orientação liberal. Dessa forma, a Revolução de Outubro foi desnecessária.
     O marxismo tem o dom “louvável” de coletivizar os indivíduos, sendo assim, a Revolução de Outubro de 1917 foi manifestação da vontade popular e não a imposição dos interesses de um grupo de psicopatas liderados por Lênin e os 10 milhões de mortos na deskulakização, não representa indivíduos mortos mas a remoção de “forças contrárias à Revolução”.

     Concluindo, dentro do propósito desse texto, observamos que para os socialistas:
     - o governo de Nicolau II não teve nada de positivo;
     - a Revolução de Fevereiro de 1917, apesar de que poderia ter atendido inteiramente a vontade do povo russo, tende a ser menos importante do que a de Outubro;
     - o genocídio promovido por Lênin não existiu.
     Portanto, fica clara a seletividade de fatos históricos inerente ao pensamento socialista.
 
Argonio de Alexandria
Enviado por Argonio de Alexandria em 06/07/2019
Código do texto: T6689582
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Argonio de Alexandria
Nova Iorque - Maranhão - Brasil
641 textos (10177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 16:09)