Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO SE PODE SER FELIZ... SOZINHO

     Felicidade a que se anseia desde os primeiros tempos
  No inconsciente natural pelo que todos a querem
   Todavia, no pensamento de pretendê-la... somente para si mesmos
 E assim, que pena!... desde sempre

 No tempo em a compaixão e o bom senso das relações expulsos foram!
    A que até o direito de afligir o próximo se dão entre muitos
      Como a cad'um se dizer:
  "Não me contento só com minha singular e perversa alegria
     Tenho que desventurar a quem comigo caminha
 De sua desgraça a que será igualmente meu gozo e glória"

     E, portanto, ved'então a miséria do mundo:
  A iniciar-se, pois  naquel'hora,
     [e até agora oh! quanto ela em tal vigora!


                         *************************

                              06 de outubro de 2019
Paulo da Cruz
Enviado por Paulo da Cruz em 06/10/2019
Código do texto: T6762449
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz
Curvelo - Minas Gerais - Brasil
2033 textos (32997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 06:48)
Paulo da Cruz