Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tu te preocupas e te agitas por muitas coisas...

     Preocupar!
 Sensível e torpe ideia, ainda que sua presença realmente não se tenha
  Na trêmula essência a que se faz agora
     E deste modo se achega à mente a funest'ansiedade
  E como ela é, pois desagradável e incômoda!

    Preocupar!
 Quanta tentação!
    Da mente a buscar-se escapulir da jaula do prazo presente
 A querer se antecipar – oh! se pudesse! – a estar... n'outro lugar
     No espaço em que seu corpo não s'encontra
 Porém, ali está, pois seu sofrido coração!

     Preocupar!
  Não seria, na mor parte das vezes, um mental contra senso?
     Ou, quem sabe lá, as malditas vozes de seus demônios?
 Pela viva e patológica imaginação que à alma se permite guiar
 A fabricar – embora inconscientemente - tantos medos e mil fantasmas
  E no mar de su'angústia se mergulha... e inevitavelmente nele afoga...
   Daquela que num'hora padece pelo tempo que não lhe pertence!

       Preocupar!
 Quanta anímica desordem pela razão que certamente se ausentou!
   Naquel’hora cuja noite tão sombria e escura se faz
    [n'alma que se expulsou de seu natural paraíso d'outrora

    Preocupar!
 Sem dúvida, um enorm'erro a se fazer... no tempo... presente!
    Ou não seria... o maior?
  A que, num contexto etimológico significaria
    Pré-ocupar, ou seja, ocupar-se... anteriormente
    N'um tempo que não s'é... d'agora
        Não faz então... sentido!

  E, portanto, talvez por isso mesmo o Divino Mestre a todos adverte:
    "Tu te preocupas e te agitas por muitas coisas...
        [no entanto, uma só coisa é necessária!"
             (Lucas 10:41-42)


           
                         ************************

                             07 de outubro de 2019
Paulo da Cruz
Enviado por Paulo da Cruz em 07/10/2019
Reeditado em 07/10/2019
Código do texto: T6763181
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz
Curvelo - Minas Gerais - Brasil
2033 textos (32998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 07:48)
Paulo da Cruz