Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Nos incógnitas da vida...

Incógnitas,  é assim que muitas vezes olhamos e vemos a vida... No silêncio da noite, pensares se abraçam e na sombra do encontro em si, se assuntam.

Na manhã entre mil sons, tudo tão normal, mas o que é normal? Sim, há um mistério que todos os dias, sem nem percebermos, em diversos momentos nos envolvem, nos amarram, nos enlaçam e nos fazem rodar, como pião, labirinto...

Na dança das horas, somos donos do tempo, sera?
Queremos tantas coisas e tantas coisas nos distanciam do nosso querer, mas mesmo assim vivemos, nesta maré, no nadar contra a corrente, mas o mais surpreendente é que isso tudo é natural...

E vamos, lutamos, ansiamos por algo, meta, posição, ação, construção, batalhas a vencer, lutas a romper, ser, ter, fazer acontecer, e vamos...

No reclamar, chorar, retroceder, voltar, continuar, renovar, procurar novos rumos, novas estratégias, recomeçar, prosseguir, somos...

Assim, somos, nisso não há desigualdade, esta é a realidade do viver, não há outra alternativa e se houvesse, que graça teria o viver? Nessa toda volta que damos, nos desencontros, encontros, nos erros, acertos, no sim o não, no vai, a volta, dores, alegrias, nas perdas e conquistas...

Tudo colabora para reconhecermos o nosso explorador, ser! Sim, no reclamar, sempre há um impulso de mudança. Sim, no alcançar, sempre há um impulso de comodidade, instantes que logo se vão, atrás de algo mais...



 
Glaucia Amaral
Enviado por Glaucia Amaral em 10/10/2019
Código do texto: T6766067
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Glaucia Amaral
São Paulo - São Paulo - Brasil
117 textos (1293 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 07:16)
Glaucia Amaral