Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar o nada

Ser poeta, é ser incoerente, amar hoje
odiar amanhã.Buscar não sei o que
e quando achar, não saber o que fazer.
Somos famintos de amor, e como somos.
Fome insaciavél, pois na realidade
queremos o que não existe.
E se existir, se tornará um nada
um zero a esquerda...
martamaria
Enviado por martamaria em 02/10/2007
Código do texto: T677866
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
martamaria
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
1159 textos (60166 leituras)
1 áudios (587 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 11:48)
martamaria