Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bolo mãe e filha
(receita para reflexão)

 
Eram dois bolos para um café da manhã de domingo, bolo de milho sempre remete a nossa cultura ancestral, do tempo que ainda não andávamos por aqui, mas o milho era plantado, colhido e transformado nas iguarias que acostumamos saborear quando na casa da avó ou daquela tia mais velha, e sempre acompanhado de histórias, que valorizavam o processo e doava ainda mais sabor e importância ao alimento que chegava à nossa mesa.

Assim que foram dispostos, lado a lado, apelidei de bolo mãe e filha, era um maior e  outro menor, oriundos da mesma massa, porém com tempo de forno proporcional ao volume, o menor assou rapidamente, o maior exigiu mais tempo para o cozimento e  assumiu uma tonalidade mais escura.

A reflexão é muito mais profunda dessa vez, e envolve a nossa ancestralidade, o prazer em preparar o alimento e reverberar memórias. Quem somos  independe do tempo de preparo, uns ficam prontos antes, outros depois, uns compreendem mais, outros precisam ser compreendidos sempre, e ainda terão os incompreensíveis por natureza.

Eram dois bolos, oriundos da mesma massa, moldados pelas  mesmas mãos, o sabor e a textura iguais, mas as suas cores chamaram atenção. Olhávamos em torno da mesa, uma mãe de pele clara, duas filhas de pele escura, buscando serem reconhecidas como mãe e filhas, enquanto o bolo mais claro e o bolo mais escuro também precisavam explicar as suas diferenças, embora fossem iguais.
Fruto da mesma mistura, originários do mesmo contexto, ofereciam o mesmo sabor e alimentava na mesma proporção, porém um era mais claro, o outro mais escuro, e aqueles olhares a questionar se a mãe teria de fato ligação com as filhas, ou se o bolo menor de fato era parte da mesma receita.

10/11/2019

 
 
Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 11/11/2019
Reeditado em 11/11/2019
Código do texto: T6792336
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Renata Rimet
Salvador - Bahia - Brasil, 49 anos
459 textos (25792 leituras)
9 áudios (1044 audições)
9 e-livros (1960 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 08:38)
Renata Rimet

Site do Escritor