Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas faces, nossas faces


Com você quero ser todas em uma só
Vou ser a menina travessa
Fazer bico quando você não concordar comigo
Sair correndo, virar as costas, chorar feito criança mimada
Até que você venha com cara de bravo e com aquele jeitinho
Diga que não é assim
Que eu deixe de ser criança
Pois já sou uma mulher
Eu te olharei com cara de menina triste
Verás em meu olhar que ainda tenho sonhos encantados
E não tenho vergonha de com você ser criança, fazer pirraça
E você sério e carrancudo
Me dará aquele teu abraço forte
E arrancará meu sorriso
 
Dai surgirá a mulher decidida
Aquela que sabe o que quer
Madura, independente
Segura de si
Que te olha felina
Te ameaça com os olhos
Que fala como se soubesse tudo
Não mede palavras
Vem amarga e azeda
Te fere, provoca, desafia
Você me segura forte
Fala com voz firme
Diz que não é assim
Que não posso tudo
Mas que com todos meus defeitos me ama mesmo assim
E arrancará meu sorriso
 
Mais tarde chega a mulher devassa
Cheia de desejos voluptuosos
Que domina, é feroz
Te desarma por completo
Você sem vitórias tenta contornar a situação
Mas eu não deixo
Tiro tuas armaduras
Sei teus pontos fracos
Sei libertar tua sensibilidade masculina
Beijo tua boca
Percorro teu corpo com minhas mãos
Faço você se perder em meu mundo
Te levo por caminhos mundanos
Te abraço, te aconchego
Te transformo em menino
Sussurro em teu ouvido que te amo
E arranco teu sorriso
Debora Cavalheiro
Enviado por Debora Cavalheiro em 20/10/2007
Reeditado em 01/10/2009
Código do texto: T702187
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora Cavalheiro
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
234 textos (19116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:20)
Debora Cavalheiro