Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRIO POR QUE LEMBRO

Crio Por Que Lembro
 
    Tudo o que vemos é apenas um  reflexo de nossa percepção.As imagens e sensações que sentimos do meio em que vivemos são produzidas através da atração e repulsão  de partículas subatômicas agregadas nos contexto frequencial do nosso estado físico da  realidade que nos é apresentada.Toda sensação é apenas um resultado da primeira impressão da consciência, que recebe as primeiras ondas de freqüência do meio, pois só se fala de uma experiência depois de vive-la.Assim ouso dizer que estamos constantemente olhando para nosso passado.Por mais surpreendente que a experiência nos pareça, ela só nos afeta pelo fato de ser concernente á nossa expectativa.
    Mas por que temos expectativas?.Por que temos medo?.
    Foi nos ensinado pensar sempre no nosso futuro, de maneira  á criar um sistema  lógico de auto aceitação de nossa de nossas capacidades  e aspirações, mas não o que deixamos como impressão do meio,que nos tornou melhores.
    O cérebro armazena e decodifica o que nos é similar  e cotidiano, mas não reconhece o termo  “Espaço/tempo” .pois tais informações   apenas  são  um  conjunto comum  de armazenamento de “dados”.
    Quando nos lembramos de algo que nos fere, o cérebro coloca  em ênfase a sensação incomoda da experiência. O mesmo acontece para as boas lembranças. Mas o que nos faz bem?As boas ou más lembranças?.Obviamente a segunda alternativa é mais apropriada, por que nos toca ao que é prazeroso. Mas é: Impressão, Arquivo...
    Pensamos mais no futuro que pode nos assaltar, do que no passado que deixamos para trás.
Sou convicto de que: Criamos o Nosso Futuro  quando Concebemos o presente como Lembranças.
    Se temos  lembranças ruins, é necessário criarmos o “mecanismo restaurador”, de nosso cérebro. Como?.
   Um grande amigo Afonso Celso me disse: “Se o que sofremos no passado nos trouxe ate aqui e nos deu bom  discernimento,  então tivemos uma boa experiência” .
    Outro grande amigo, o Poeta/ Escritor  Edgar  Macedo   Asseverou:
  “ Somos ressonância do que Pensamos”
    Assim podemos apreciar com mais perspicácia esse parâmetro de visão de nossa realidade.
Toda experiência, por mais insólita que pareça, já esta arquivada na nossa mente e depois apenas nós á vivemos,pois nós á antevemos na  consciência.
   Se tivemos uma experiência ruim em nossa vida, devemos visualiza-la como um alicerce do que nos tornou melhor. Se a  mesma foi boa,temos de lembra-la como mais um degrau da nossa meta, na qual foi  transposta.
  Ex: Se temos lembranças más, pensemos:
Foi uma experiência na qual não vivo mais...
  Se foi  boa...
  Foi uma das  experiências  que me tornaram o que sou agora...
 
  ...O Cérebro processa tudo como um  “eterno arquivo” , pois simplesmente ignora o tempo...
    Descartes falou:  Penso , logo existo
Eu lhe convido, de agora em diante á Pensar:
...CRIO POR QUE LEMBRO...
Aluísio Bórden
Enviado por Aluísio Bórden em 05/11/2007
Código do texto: T724074

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Bórden
Teresina - Piauí - Brasil, 43 anos
233 textos (10678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:53)