Se faz mal para mim. O que impede de deixar ir?

A fantasia 

O controle

E nossas dores 

Pessoas que foram feridas na alma.

Travam dentro delas um arcenal de guerra. Que usa contra elas. 

São carentes e se tornam dependentes de afeto. 

Criam um mundo irreal, para proteger da dura realidade em que vieram. 

Não querem ver o mal, para não acessar novamente suas feridas latentes. 

Então fantasiam uma situação,  para se adaptar a elas. Pois temem novamente perderem. 

 

Isso gera o tal controle. 

Farão de tudo para provar para si, que podem modificar o cenário. 

As situações ou pessoas. 

O que acontece, é que essa programação  gera um padrão. 

Vão atrair aquilo que mais temem. 

É como um ciclo que só se encerra com o enfrentamento da sua fraqueza. 

Chega um tempo de exaustão. 

E você clama a libertação! Daquilo que te escraviza. Desse ciclo repetido. 

Desse vício...

O "algoz" entra na tua história para te remexer. 

E fica até o dia em que finalmente VOCÊ aprende. 

O outro pode ser o pior inimigo

Que te desafia. Desestabiliza. 

Mas ele só pode continuar se você deixar. 

Então olhe para o que está te desafiando.

O que te impede de soltar?

Desapegar? 

É seu poder de ser o controlador,

O detentor da verdade. 

O justiceiro

O curador 

A criança ferida, birrenta

Então chega 

Ninguém muda ninguém.

Você só pode ser o exemplo da própria auto transformação. 

Quando você se enxerga. 

O mundo das possibilidades se abrem...

Saberá mais do que nunca;

Às vezes é melhor ter paz, do que razão. 

Por isso solte 

Deixe ir 

Não fique onde o tempo já expirou...

Onde já te ensinou.

E não tem espaço para seu coração  pulsar. 

Na paz 

No amor 

Perdoe e Voe...

Com Gratidão 

@faby_semeadora_do_amor

Faby Freire Semeadora do Amor
Enviado por Faby Freire Semeadora do Amor em 26/11/2021
Reeditado em 26/11/2021
Código do texto: T7394512
Classificação de conteúdo: seguro