Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decifra-me ou me devoro


          De que tenho tanto medo? Por quê tenho sempre o pé atrás e não mais mergulho de cabeça nas relações?

          Não é que eu não confie. Experiências passadas me ensinaram : se eu escancarar a porta do meu coração e o outro não gostar do que vê, nada mais tenho para lhe oferecer.
          O que sou é tão somente tudo que tenho.
          Parte do que sou foi escolha, parte é força das contingências.
          Aguardo sinais inequívocos de que ele gosta de quem sou.
          Nesse ínterim confio... e des-confio.

          Mitigo dores ancestrais de amor mal correspondido.

Maria Paula Alvim
Enviado por Maria Paula Alvim em 17/11/2007
Reeditado em 17/11/2007
Código do texto: T740447

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Paula Alvim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
234 textos (125553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 01:04)
Maria Paula Alvim