Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Descobertos os Culpados

Afinal quem nunca se deparou com este dizer crucial, utilizado com muita freqüência em nosso cotidiano; "Quem foi o culpado"? Vamos lá, temos as maiores e melhores evidências para auferir o julgamento, e o mais interessante, sempre sobram argumentos!
Quantos são os erros a nos cercar, e qual acaba sendo a primeira via para administrarmos a falha; apontar o culpado. Determinado o agente causador dos fatos, ai sim, alívio. No entanto, esta sensação de conforto deveria ser aparente, apontado o agente causador, o que fazer então?
Uma rota simples e aparentemente eficaz nos leva a determinar certa repulsa e indignação para com o agente. Somamos os prejuízos causados e a dimensão das proporções, e por conta disso, o culpado terá de pagar; a sede de justiça urge em nossas almas!
A humanidade esta sem rumo, os políticos são corruptos, a favela se tornou fabrica de marginais, os pais não educam direito seus filhos, os ricos são egoístas, os pobres são desinformados, os médicos são frios, as autoridades sem compromissos com a causa, então, vamos aumentar esta lista?
Ou chegou a hora de ser feita a diferença?Nesta busca por culpados, nos tornamos o próximo da lista. Quanto aos erros, olha meu amigo, eles são componentes da jornada. os braços cruzados é que necessitam de serem banidos. Faça algo por si, para seus familiares, a todos que nos cercam. É claro, sempre lembrando de ser feito aos outros aquilo que gostaríamos que nos fizessem.
Hoje, pensar positivo tem sido apontado como a solução de um "segredo". Não se limite apenas a isso, senão vai culpar os pensamentos que não foram desta forma.
Sabe aquela coisa que sempre desejou alcançar? Então, esta esperando o que? E tal circunstância que incomoda não cobra alguma mudança? Falar é fácil, e fazer nem tanto, contudo, isso não nos impede de tentar.
O mestre disse "aquele que não tiver pecado, atire a primeira pedra", mesmo assim, protejam vossos tetos de vidro!
POETA ESCARLATE
Enviado por POETA ESCARLATE em 20/11/2007
Código do texto: T744943

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA ESCARLATE
São João da Boa Vista - São Paulo - Brasil, 35 anos
103 textos (9726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 10:00)
POETA ESCARLATE