Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contradição.

A vida segue a me consumir sem moderação
No seu ritmo frenético, corrido
Bebendo minhas energias anti-socialmente
Me guiando pela contramão
Um contra-senso! Meu amor por ela só faz crescer
Não me canso de destrinchar palavras nem de sentir tudo que me proporciona
Mesmo sendo fugaz, mesmo sendo pura destruição, mesmo sendo um grande platonismo
Talvez uma mera ilusão, não, eu não me canso de apreciá-la
Relação de amor e ódio, tudo tão prazeroso e insatisfatório
Contraditório libidinoso, o gozo
De olhar no fundo dos seus olhos castanhos, cheios de vontade e expectativa, e dizer que eu lhe quero pra sempre,
De novo, e de novo...
marvin rosa
Enviado por marvin rosa em 28/11/2007
Reeditado em 28/11/2007
Código do texto: T756391

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marvin rosa
Santa Isabel - São Paulo - Brasil, 29 anos
204 textos (10985 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:25)
marvin rosa