Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paixão e Ponderação

Será que quando jovens éramos só paixão? Na minha opinião a Yasmina Reza simplificou demasiadamente os sentimentos humanos ao dizer "Quando deixamos de ser jovens, trocamos paixão por ponderação"... e acertadamente deixou de abençoar uma troca, porque ela não houve.

Quando jovens, fomos mais passionais do que ponderados, e quando maduros a ordem inverteu-se. Não trocamos paixão por ponderação, invertemos o peso desses dois sentimentos em nossos comportamentos. Pensando assim, não tenho a visão de que o predomínio da ponderação na fase madura, é uma atrocidade que se comete contra si mesmo. Aceito essa inversão na evolução das nossas vidas, com naturalidade, sem revoltas ou frustrações.

Prefiro pensar que com a maturidade, investimos mais forte em tentar elevar o estado da alma pelo equilíbrio e pela moderação na escolha dos prazeres. Mas, dependendo de situações criadas por nós mesmos, essa tentativa, como tudo na vida, tem o risco de insucessos. E ficar "à disposição do imponderável, dos impulsos e do incerto", a meu ver aumenta esse risco.
 
Não devemos nos sentir refém do que construímos, e sim, parte dessa construção, com possibilidades de transforma-la constantemente. Enfim, não vejo nada de ameaçador nem errado em quem é "controlado, obediente, e ponderado".
Jotabe
Enviado por Jotabe em 26/11/2005
Código do texto: T76454


Comentários

Sobre o autor
Jotabe
Brasília - Distrito Federal - Brasil
682 textos (145396 leituras)
5 áudios (7443 audições)
23 e-livros (40922 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/02/20 20:13)
Jotabe