Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar ao próximo, realmente deveria ser normal


Só o amor sem cobiça, consegue romper a rede, e toda a parte em que ela é rompida, a alma nos contempla.
                                                 HERMAN HESSE


E nos alimenta!
A rede da qual ele se refere, é a camada de defesa, a crosta de proteção, a rede tecida por intenções, angústias e desejos orientados para alvos não essenciais que nos separam de outros seres.
Agora me responda - Prá que?

Amores são tantos, são diversos, são únicos, eles são e ponto.com.br
Amamos nossos filhos, nossos homens, nossos bichos, nossos pais, amamos aquela música, aquela lembrança, aquele instante...

Acaso o amor não é livre, pleno e belo em si mesmo?
Não sou uma romântica (embora, ache bonito quem o seja) mas, não é somente a esse amor a que me refiro.
Refiro-me a liberdade, a pureza, o sentimento reconhecido e sentido na alma! Contudo, quando você ama livremente outro ser humano, por mais absurdo que seja, algumas vezes ele estranha, julga, teme e foge.

Essa rede rompida sentimos mais frequentemente nas relações de amizade. Porém, quando você rompe em outras partes, como brilhantemente cita Herman Hesse em sua frase, é comum o estranhamento - E é tão engraçado, pois isso nada mais é do que "amar ao próximo".

Nunca fui rebelde, nem de vanguarda. Sempre fui e sou sossegada. Mas, sou livre em mim, e já paguei, e muitas vezes caro por isso.

Será que é apenas uma questão de falta de alcance humano?


HERMAN HESSE - Escritor, poeta e aquarelista alemão do século XIX. Dentre suas obras, as mais conhecidas são Sidarta e O Lobo da estepe. As minhas preferidas são Demian e Obstinação.
Vanda Sales
Enviado por Vanda Sales em 06/12/2007
Reeditado em 11/01/2008
Código do texto: T767636

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vanda Sales
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
37 textos (7099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:31)
Vanda Sales