Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA SOLIDÃO DA NOITE

                                    ****************
Na solidão da noite
                                     
Na solidão da noite.
Da minha janela ouvia
A vos de alguém que cantava.
Uma canção de amor
Eu escutava com emoção
Pois era a primeira vez.
Que eu ouvia, aquela canção.
E aquela voz triste chorosa.
Nos seus versos dizia.
Que seu amor havia partido.
Sem ao menos se despedir.
As noites se repetiram.
A canção era sempre a mesma.
Até que uma noite,
Sua voz, não mais ouvi.
Apenas o silencio, no ar ficou.
Eu me perguntava, por onde anda você.
Que sumiu, sem de mim se despedir.
De repente a tristeza, m’alma invadiu.
Sem saber porque, aquela canção.
Naquela noite, com tristeza eu cantei!
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 05/10/2005
Código do texto: T56777
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154883 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 02:17)
Volnei Rijo Braga