Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Confissão"

"Desculpe-me se minha aparência lhe assusta,
Posso dizer que também me surpreende...
Mas com o tempo, se aprende,
Que estar bem nada custa!

Desculpe-me, se sou tão antiquado,
Liberal, capitalista forçado,
Que gosta de mandar bilhetes de amor,
Que duram mais que uma flor, se ante, não forem rasgados...

Desculpe-me, por não saber dançar fandango,
Na verdade preferências... Prefiro eu aprender tango,
E não precisar da Decência...
Pois na minha descendência, com a arte não me zango.

Desculpe-me por esquecer aniversários,
Não tenho agendas ou diários, que só fazem confundir,
Não sou ingênuo, não gosto de iludir,
Mas sou lúdico, bobo, um otário...

Desculpe-me por não abrir a porta do carro,
Por fumar ao seu lado um cigarro, podendo você não gostar
Talvez fora do mudo gostaria de estar,
Por ver que Deuses, são lama, barro...

Desculpe-me por te tanta pressa,
Nem sou eu que tenho ela!
Mas antes a vida era calma, bela...
Discrepância, realidade essa!

Desculpe-me por parecer um idoso!
Mas sinto tanta saudade!
Apesar de minha pouca idade
Escolho e gozo. Meu gosto não é duvidoso.

Desculpe-me por preferir, meias-calça pretas ao invés do que usas, não chegas à cama.
Sei que atraente, lhe abusas, mas sei que mais mereces...
Não acharás nem mesmo por preces,
Um cavalheiro, sem ser uma dama...

Agora... Desculpe-se, por tanto cobrar...
Presença de que não pode estar, estar triste e feliz?
Mordaz é a posse raiz... Não tenho posses, não tenho dono.
Sou livre no mundo, não sou feliz, tento viver o que amo.

Desculpe-se por querer tanto de mim...Coisas que não posso dar.
Doutor sou, quimera, um Rockstar, preciso de diploma pra amar?
Preciso ser feliz com quem sou, meu palco, deleite...
Quero amar quem me aceite, ser louco, são, ou doente...

Doente não sou, fui ao inferno e voltei, nem Dante sabe o que passei, ele não me explicou!
Não dou satisfações do que sonho, pois tenho direito...
Faço o bem e o mal, bem feito!
Pois se não notas... Sou Normal"!!!

"CONFISSÃO" (03/02/2013)
Tony Alma
Enviado por Tony Alma em 15/01/2018
Código do texto: T6226790
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Tony Alma
Tatuí - São Paulo - Brasil, 33 anos
30 textos (253 leituras)
2 áudios (18 audições)
1 e-livros (46 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 22:55)
Tony Alma