Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** FALSO AMOR. (Décima em Cordel) /// ABBAACCDDC ***


O Nosso amor não é mais como fora antes.
O que era meu e seu, já não é mais nosso.
Hoje, eu vivo no profundo fundo de fosso.
Tudo segue como no quartel de Abrantes.
Nada, nada voltará a ser como era dantes.
O seu amor ainda não me trouxe verdade.
O que pensei ser amor era pura falsidade.
Como você pode me colocar fora de órbita?
O seu falso amor, em mim, já não habita.
A sua infidelidade não me trouxe felicidade.


************************************


Comentários meus:


Essa décima, nasceu quando eu estava no consultório da Dra. Josi, enquanto eu esperava ser atendido, eu compus essa décima em cordel, levei até os poemas do dia dos pais, tanto para a Secretária e a Doutora, eles gostaram dos meus poemas, inclusive a doutora leu alguns trechos dos meus poemas enquanto me fazia algumas perguntas. Li esse poema para a Doutora que agora, acabei de fazê-lo e digitá-lo. Esse soneto tem um fato interessante, pois, eu parafraseei a expressão: TUDO COMO DANTES NO QUARTEL DE ABRANTES, significa que tudo permanece sempre na mesma, sem alteração. Outro fato importante que esse poema também pode ser lido de trás pra frente, que não perde o seu sentido, os versos se encaixam perfeitamente.


**************************************


*** FALSO AMOR (Décima em Cordel) ***
ABBAACCDDC


A sua infidelidade não me trouxe felicidade.
O seu falso amor, em mim, já não habita.
Como você pode me colocar fora de órbita?
O que pensei ser amor era pura falsidade.
O seu amor ainda não me trouxe verdade.
Nada, nada voltará a ser como era dantes.
Tudo segue como no quartel de Abrantes.
Hoje, eu vivo no profundo fundo do fosso.
O que era meu e seu, já não é mais nosso.
O Nosso amor não é mais como fora antes.


**************************************


José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
“Dom Lordes”
Brasília/DF.
Sexta-feira, 14 de setembro de 2018 – 11:16
Recanto das letras 16/09/18 - 11:28
Stenius Porto
Enviado por Stenius Porto em 16/09/2018
Código do texto: T6450252
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stenius Porto
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 59 anos
339 textos (9736 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 02:08)
Stenius Porto