Lua Derradeira

Não me convidaram para sua festa.

Não compartilhei da seresta.

Não degustei seu vinho,

nem tive do seu carinho.

Conservei-me sóbria

do outro lado da porta,

mas que importa,

se sou apenas uma ilusão,

resquícios de uma paixão

que não chegou a acontecer.

Fui só uma lua faceira

que numa noite derradeira

se derramou para você.

Andrea Cristina Lopes - Curitiba/Paraná

AndreaCristina Lopes
Enviado por AndreaCristina Lopes em 12/04/2005
Reeditado em 22/11/2010
Código do texto: T10983
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.