Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ HOJE - II


Marcelo ShytaraLira
Sampa 21/10/2008
Para as vitimas da violência.


Hoje deixei de ser uma gota...
Depois da tempestade virei mar...
Tentei em vão me resgatar
Nos tsunames de meu ser
Nada mais tem sentido...
Nem nos lados opostos dessa direção
A dor é astronômica, atemporal e nada universal...
É subjetiva em meu Asceta
Herege e pobre coração Poeta
Vitimado pelas ações mecânicas do homem projétil
homem covarde

II
As partidas dos que não chegaram
As não chegadas dos que partiram
Tendo muito que viver
Catalisados no meio plano
Restando véus de noivas
Nos olhos antes sorridentes
Angustias...
Revoltas...
Temores...
E medos... Muitos medos
Nos sentimentos progenitores da boa vontade
Introduzidos pelo homem réptil
homem covarde
Só Hoje...

Marcelo ShytaraLira
Enviado por Marcelo ShytaraLira em 21/10/2008
Código do texto: T1240596

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo ShytaraLira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
33 textos (1356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/06/19 16:55)
Marcelo ShytaraLira