Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Depois que me vi nos seus braços queria sair não pude

Depois que me vi nos seus braços queria sair não pude

La na roça agente brinca ouve o canto dos passarinhos
Agente prende na Gaiola para ele cantar só querendo escutar
Hoje eu sei o que é se viver numa prisão prenderam meu coração
Só agora estou sabendo quanto vale a liberdade hoje eu sinto saudade

Eu não sei quando será que aparecerá alguém querendo me libertar
A liberdade tem seu preço já apareceu alguém querendo apenas me mudar de endereço isso já não me interessa prefiro viver sozinho
Aprendendo as belas canções cantadas pelos passarinhos.

Aquela ingrata me prendeu assim que me conheceu fiquei logo fascinado com o Alpiste que ela me deu me senti um passarinho
Deitado no seu colo e colo de mulher bonita é um perigo para a saúde
Depois que me vi nos seus braços queria sair não pude

O passarinho estava literalmente engaiolado eu fiquei preso por amor
E agora abandonado minha vida anda por um arame em busca de quem me ame meu coração é um palhaço está em um circo de horror
A platéia acha graça quando exponho a minha dor
 
sterquini
Enviado por sterquini em 22/01/2007
Reeditado em 23/01/2007
Código do texto: T355761

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
sterquini
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
518 textos (30449 leituras)
20 áudios (2946 audições)
1 e-livros (3 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 04:14)
sterquini