Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passado

Bate sobre mim saudade imensa
De dias que habitam o passado
A alma súplica, chora, pensa
Na felicidade dos momentos lembrados.

O que fazer com saudade tanta
Da aurora do florescer de minha vida?
Onde está a lua, que à noite encanta,
Será também está adormecida?

Momentos vazios os que tenho agora
Rotulados por profundo tédio.
Às sombras escondem-se as horas
E torna-se fel o que fora remédio

Sono profundo minha alma sente,
Mas dormir, que horror! Já não posso,
Pois de paz me encontro carente
Vejo abertas as portas do fracasso.

Quisera eu voltar àqueles dias
Que ingenuamente colhia maçãs
Ao lado dos pais. Sorriso, alegria...
Aquilo é que eram manhãs.

Belíssimos dias cheios de esperança
Na alma apenas a simplicidade.
Hoje percebo que já não sou criança
E pior: que os anos furtaram-me a felicidade.
JRStanley
Enviado por JRStanley em 02/02/2007
Código do texto: T367116

Comentários

Sobre o autor
JRStanley
Boa Vista - Roraima - Brasil, 42 anos
48 textos (2463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 03:02)
JRStanley