Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

deparei com a vida

Deitei minha cabeça no colo de minha solidão,
dei um nó na garganta para poder desatar todos os desejos,
Soltei um grito mudo da minha aflição, escancarada e despudorada que brotou em meu rosto.
Que desfigurado pela emoção, apresentou uma máscara,
de um ser que não é...
Que quer ser apenas um ser,
na trama da vida,
Sem ser apenas um personagem infame,
do retrato de familia, degenerado ficou,
nas cenas ja vividas,
agora sem volta
Somente a mágoa restou.
São retratos da vida,
Um mundo sem cor.
Rengody
Enviado por Rengody em 23/02/2007
Código do texto: T391144
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rengody
Goiânia - Goiás - Brasil, 53 anos
32 textos (1573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/06/19 01:15)
Rengody