Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A minha face triste

Tapo a ausência,
Descanso o corpo,
Numa magia bloqueando os sentidos!
Apago a essência de mim
E selo o delírio
Pungente
Dilacerante,
A pele desassossegada da minha alma imperfeita
E da minha imagem inacabada,
Obra imperfeita do Universo!...

Busco a luz,
O espelho que me continue o eu
E, por distorção,
Me endireite as linha tortas que me compõem!
Entrelaço as mãos na ternura,
Atiro os olhos ao pensamento
E voo para lá da minha face triste!
goretidias
Enviado por goretidias em 11/03/2007
Código do texto: T409057

Comentários

Sobre a autora
goretidias
Portugal, 62 anos
108 textos (5276 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 03:12)
goretidias