Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENTENÇA

Mata-me.
Retira o apoio sob os meus pés
que impede o estreitamento do laço.
Prefiro a morte súbita
à agonia pelo sofrimento
que a espera me impinge.
Melhor que este lento penar
como a lâmina fria da adaga
penetrando fundo em meu peito,
de cujo repositório flui
o amor desconsolado,
apesar de gota a gota alimentar
minha outra paixão, a natureza.
Ou,
Dá-me a mão,
estreita-me em teus braços
e ceda-me a carícia dos teus seios
e o calor da tua boca.
Afago desejado e justiçoso.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 15/09/2005
Reeditado em 27/09/2005
Código do texto: T50705


Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
726 textos (55153 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/20 20:05)
Mario Rezende