Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** O MEU SER (Décima em Cordel) *** *** ABBAACCDDC ***

*** O MEU SER (Décima em Cordel) ***
*** ABBAACCDDC ***

O meu ser homem a ama.
O meu ser canta, a venera.
O meu ser coteja, a espera.
O meu ser no seu se acama.
O meu ser soluça e aclama.
O meu ser anseia, a sente.
O meu ser é dela, não mente.
O meu ser vive na aba dela.
O meu ser a ama e mora nela.
O meu ser a ama fielmente.


*************************

*** O NOSSO SER (Décima em Cordel) ***
*** ABBAACCDDC ***

O meu ser homem ainda ama.
O ser dela me trai e não venera.
O meu ser coteja e ainda espera.
O ser dela no meu, não acama.
O meu ser a ama, sofre, aclama...
O ser dela ainda não me sente.
O meu ser no dela é presente.
O ser dela ainda não me aquece.
O meu ser por ela ainda padece.
O ser dela pra mim ainda mente.


***************************


José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
“Dom Lorde”
Brasília/DF.
Terça-feira, 19 de junho de 2018 – 12:38
Stenius Porto
Enviado por Stenius Porto em 20/06/2018
Reeditado em 21/06/2018
Código do texto: T6368942
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stenius Porto
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 59 anos
339 textos (9765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 01:52)
Stenius Porto