Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se eu acreditasse na democracia...

Jesus perdoou Zaqueu
e Maria Madalena.
Agora quem sou eu?
Com esta força pequena,

Para acusar prefeito,
ou os seus vereadores,
de um governo mal feito,
ou de corruptores.

Só Deus pode julgar...
Zé Gonçalves ou Zé Cezílio.
A mim cabe planejar,
só a Deus eu me humilho.

Vou levantar a cabeça
e falar ao nosso povo.
Calma, não temos pressa...
Tem política de novo.

Não peço é para trocar
a vida de escritor,
para prefeito ficar
em nome do eleitor.

Se eu acreditasse,
nesta vã democracia
e o eleitor não falhasse,
assim eu pediria:

Se o eleitor entendesse
que tinha merecimento
e o seu voto me desse,
teriam o agradecimento.

O voto é um contrato
deste trabalho importante,
de eleitor com candidato,
pra cidade ir avante.

Diria então:
Me contratem minha gente,
muita coisa eu vou fazer,
para um povo inteligente,
a obrigação merecer.

Fazer obras é obrigação,
nós nem vamos discutir.
Não é benefício não...
É seu imposto a investir.

        PASSANDO O CHAPÉU:

Agência 01616
Banco 232 - Bradesco
Conta corrente 0674315-3
Favorecido: Marcos Aurélio Barbosa da Silveira

Agradecemos todas a contribuições depositadas no "chapéu" que foi substituido pela conta bancária acima.

ANTIGAMENTE HAVIA UM MÉTODO SIMPLES DE FINANCIAMENTO POPULAR DA ARTE, PASSANDO O CHAPÉU. ARTISTAS, POETAS E ATÉ ALGUNS ESCRITORES, APÓS A APRESENTAÇÃO DE SUA PRODUÇÃO LITERÁRIA OU ARTÍSTICA PASSAVAM O CHAPÉU PARA OS OUVINTES, QUE OFERTAVAM A SUA CONTRIBUIÇÃO  EM PRAÇA PÚBLICA E ATÉ EM FESTAS PARTICULARES.
OS TEMPOS MUDARAM E OS COSTUMES SÃO OUTROS... ENTÃO ESTAMOS TENTANDO ARRECADAR A CONSTRIBUIÇÃO DOS LEITORES QUE GOSTAM DE NOSSOS TEXTOS PARA POSSIBILITAR A  PUBLICAÇÃO DE NOSSOS LIVROS NA VERSÃO IMPRESSA.
SABE-SE QUE LIVRO NÃO DÁ LUCRO PARA ESCRITOR INICIANTE, MAS MESMO ASSIM O NOSSO SONHO DE CRIAR UMA FUNDAÇÃO E DEIXAR UM PEQUENO LEGADO CULTURAL PARA AS GERAÇÕES FUTURAS NÃO ACABOU. UM PROJETO QUE PRETENDEMOS FINANCIAR É A PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE UM JORNAL DE CONTEÚDO EDUCATIVO/ CULTURAL NAS  ESCOLAS PÚBLICAS.

 
         AJUDE A PATROCINAR NOSSOS LIVROS IMPRESSOS

     O escritor e jornalista Marcos Barbosa vai a publicar outros livros no formato tradicional, versão impressa e continuar a coleção UNI-VERSO E PROSA DE MARCOS BARBOSA.
         Com quase trinta mil leitores no Recanto das Letras, criou coragem e lançou a campanha PASSANDO O CHAPÉU.
     Os três livros de bolso, foram vendidos inicialmente nas bancas centrais de Brasília e em algumas  bancas de revistas das capitais do país, a R$ 5,00 apenas, para atingir também aos trabalhadores de baixa renda.
     Os contos publicados pela editora Ícone de Brasília são: A MORTE DO SOL E O BURACO NEGRO; O Herói de "Mensagem a Garcia" e um livreto de poesias SAGA DA HUMANIDADE, todos  já lidos por muitos "freqüentadores" do RECANTO DAS LETRAS.
     O objetivo é desenvolver uma estratégia de marketing para escapar da alta roda dos intelectuais e atingir aqueles que mais precisam de leitura, o homem comum, do povo.
Marcus Aurelius
Enviado por Marcus Aurelius em 14/05/2008
Reeditado em 28/03/2013
Código do texto: T989844
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marcus Aurelius
Águas Lindas de Goiás - Goiás - Brasil, 64 anos
220 textos (48379 leituras)
11 e-livros (734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 17:02)
Marcus Aurelius