Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luz do Caminhar

Que dos seus tombos faça-se a dança
Pois a vida sem quedas não gera esperança

Seja maduro, porém com a maturidade não se entristeça
Entenda, experiência não é velhice
Pois nossa alma é eterna
Não havendo nada depois dela

Eterno seja o amor
Seja constante, mas não ignorante
Transformando lágrimas em arte
Arte em esperança

Para que renasça
Enchendo-se de luz
Pois perder não é ser derrotado
É uma nova chance
De um nono aprendizado

Intensamente viva
De modo que teu corpo seja sentimento
De movimento eterno
Pois palavras não dizem o que apenas um gesto torna belo
Perdoe e aceite o perdão que é dado

Sonhe, porque é triste não sonhar
Acredite com fé que vale a pena continuar
Lembre-se que só o amor purifica

Renasça do amor
Sabendo que formas não importam
Pois dentre todos os amores
Apenas um permaneceu
O verdadeiro amor que jamais se escondeu
dos Santos
Enviado por dos Santos em 27/02/2007
Reeditado em 01/06/2008
Código do texto: T395037


Comentários

Sobre o autor
dos Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 14 anos
369 textos (70300 leituras)
7 e-livros (2202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 20:49)
dos Santos