Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" CRUZADAS "

Por egoísmo ou por ambição, não sei
algo me força a cruzar as fronteiras
para buscar as estações do amor
as de hoje e as que ainda virão
meus sonhos corrompem minha dor
a abro a mente do mundo
desvairado, descanso meu corpo
sobre rios caudalosos, correntes...
onde, desatravanco tardias mentes
onde, incendeio corpos vazios
onde, desperto paixões alucinantes
onde, sangro sonhos e desilusões
onde, vivo todas as vidas
onde, bebo todos os vinhos
onde, apago todos os rastros
onde, desmantelo todos os azares
onde, percorro todas as trilhas
onde, amo todas as gueixas
e misturo o falso, o derradeiro e a lei
e, "vou me embora pra pasárgada"
onde, tudo é menos verdadeiro
e, porque lá, "sou amigo do rei"
René Cambraia
Enviado por René Cambraia em 15/03/2007
Código do texto: T413412

Comentários

Sobre o autor
René Cambraia
Maceió - Alagoas - Brasil, 68 anos
1167 textos (74966 leituras)
10 e-livros (708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 02:50)
René Cambraia