Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ínfimo Silêncio

Assim, deve ser a vida
Sorrir quando tudo nos levar a chorar
Agarrar-se a um único fio de esperança
Onde há um motivo novo e amar
Fugir do desespero, encontrar saídas
Fugir do desespero e se encontrar
Poder cantar ainda que seja a dor da perda bem maior
Livrar-se do ínfimo ou longo silêncio que há em cada um de nós
E se não ouvirmos mais a Tua voz?
E se não nos ouvirmos mais?
Porém, fica uma certeza: o sonho é pra se sonhar!
E mais real que a vida ainda é o que a vida nos traz
Escolher é não se surpreender,
Não esperar a morte nos alcançar.
Fugir do desespero, encontrar saídas
Fugir do desespero e se encontrar
Poder cantar ainda que seja a dor da perda bem maior
Livrar-se do ínfimo ou longo silêncio que há em cada um de nós.
FareloJr
Enviado por FareloJr em 28/05/2016
Código do texto: T5650086
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("de farelojr o poeta que nao quer ser compreendido"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FareloJr
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 48 anos
107 textos (12202 leituras)
6 áudios (877 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/19 04:08)
FareloJr