Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PINGOS DE CHUVA


Tudo estava cinza
Ao meu redor.
O céu cheio de nuvens,
Azuis e ferozes
Não aquecia
O coração que ansiava,
Pelo que lhe trouxesse vida.
Até que vi você.
Seu sorriso lindo,
Fez tudo trovejar
Dentro de mim...
Então veio a chuva...
Com ela a esperança.
Tudo veio a florescer
Pouco a pouco renascer
Começou tão de repente
Como se fosse,
Chuvas de verão
Mas tornou se forte...
Junto os ventos e trovões
Molhou tudo à volta
Passando a força do primeiro encanto,
Ficou silenciosa e branda
Molhando a terra
Que já não floria...
Trouxe consigo a alegria
Mas hoje, lá fora, o céu chora
Chora meu coração
O dia esteve triste
Como se cada pingo de chuva
Falasse da minha dor
Dor de amor
Hoje já sinto saudades
Por ter que, de ti, me afastar
Medo quê, de mim, se esqueça
Que meu coração desfaleça
Que a falta dos teus beijos
Faça tudo acabar
E o verde,
Que a chuva trouxe
Volte a ser cinza...
Volte a secar.
Espero que amanhã
O novo dia, traga o arco-íris
E que, o que nasceu
Possa esperar
Possa resistir
Até o meu voltar.
Que depois de dias nublados
Longe de ti
A chuva volte a cair
Volte a florir...
O Meu Coração.

Poetisa Nara
Poetisa Nara
Enviado por Poeta Paulista em 11/12/2019
Código do texto: T6816745
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Poeta Paulista
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 57 anos
485 textos (51937 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 07:43)
Poeta Paulista