Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PASSADO




Vivi loucamente `a procura de alguém.
Busquei no infinito sua identidade.
Procurava, oh! deus, por minha verdade.
Andarilho? Mendigo? Pedinte? Sou quem?

Descrente, abatido, e muito cansado.
Vi acender-se uma luz na escuridão
Renasce a esperança em dorido coração.
Sigo adiante ou me prosto derrotado?

O foco iluminado era a espiritualidade.
Onde estou? Será sonho? estou vivo?
Morto?

Seja onde for, sinto seguro o porto.
Seja o que for, entrego a minha cruz.

Caminheiro da verdade,justiça,amor,
Consigo trazia vistoso garladão,
Aconchegou-me no peito. Sentia seu
coração.

Vem,filho.esqueça todo o dissabor.
Acabou, agora,toda a sua desdita.
Vai, e trabalha com Amor!

Jaubert
Jaubert
Enviado por Jaubert em 30/04/2008
Código do texto: T968288

Comentários

Sobre o autor
Jaubert
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
158 textos (6338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 07:55)
Jaubert