Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intimidade

Não sei por qual caminho
Mas ela veio, chegou de mansinho
Chegou tímida, despretensiosa
Retraída, atrativa, cuidadosa

A principio hesitante
Senhora tida por educada
Culta, gente sensibilizada
Encantadora, mui elegante

Mas que surpresa, que decepção!
Pouco a pouco ela foi se revelando
A aura de santa indo ao chão
E o viver desconcertando

Maldita! Moça cruel
Queres dar-me teu fel?
Não! Não vou aceitar
Tal fel não preciso tragar

Queres saber meus segredos?
Queres infundir-me teus medos?
Queres desvalorizar-me?
Queres enfim dominar-me?

Não! Estou alerta
A mim me desperta
A prudência conselheira
Minha fiel companheira

Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 28/09/2005
Código do texto: T54564


Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (132224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/20 07:34)
Juraci Rocha