Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


           Só rezando !...


Como gosto de fazer todos os dias,
Levantei-me e fui ao banho: dei azar !
Constipado em conviver com águas frias,
Meu chuveiro se invocou - não quis pingar !

Resmungando, sem livrar-me do suor,
Vou direto pra cozinha, já sem fé.
Só que lá me defrontei com o pior:
Não vi pão, nem coador e nem café !

Volto ao quarto pra ajeitar-me, com decoro,
Visto a calça e o paletó - mas que desgraça !
Mal consigo suportar tal desaforo:
A gravata se perdeu, cheia de traça !

Saio dando botinadas, com despeito,
E enfrentando este rancor, me desconcentro:
Já sabendo estar a tranca com defeito,
Bato a porta - com as chaves todas dentro !

Só me resta uma saída : é ir à igreja,
Renovar a minha crença, meio fraca.
Só dez padres, com cem anos de peleja,
Pra livrar-me desta estranha urucubaca !

             Bom Jardim, RJ,
                em 20/01/2007
Vitório Sezabar
Enviado por Vitório Sezabar em 22/01/2007
Código do texto: T354961
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vitório Sezabar
Bom Jardim - Rio de Janeiro - Brasil
635 textos (48578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 10:47)