Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU SIMBOLISMO PESSOAL

Sonoros címbalos trovadorescos,
Incólumes estrelas adjacentes;
Os ventos que embalam os doentes,
Tropel do fogareiro tão burlesco.

Intensos astros gelidos e frescos,
Transpassam luas e quais sois ardentes;
Reprisam a nevasca mole e quente,
Erupta dos vulcões como bestas.

Trovões, relâmpagos e maremotos
Poesia, versos, rima. "Que consuma!"
Escolha deverbal dos verbos tortos.

Vociferando mentes uma à uma,
Pegando um monte de palavra morta,
Pra depois não falar coisa nenhuma.



Leandro Severo II
Enviado por Leandro Severo II em 19/06/2019
Reeditado em 16/09/2019
Código do texto: T6676957
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Severo II
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
76 textos (3456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 11:31)
Leandro Severo II