Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vaso quebrado

Seus olhos afoitos se reviravam
Olhavam para todos os lados
Para ver se alguém avistavam
Remexiam-se como dois dados
Ficou por um tempo paralisado
Não sabia o que deveria fazer
O vaso de sua mãe quebrado
Só lhe restava então dizer:
Fudeu
BOI (Luciano Alencar)
Enviado por BOI (Luciano Alencar) em 06/11/2005
Reeditado em 01/04/2006
Código do texto: T68148
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
BOI (Luciano Alencar)
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
246 textos (27026 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 06:05)
BOI (Luciano Alencar)