Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEMÔNIO DA NOITE


O teu gargalhar

nestas noites

de luar.

O teu sinismo,

nestas ruelas

é teu abismo.

A tua sorte,

na madrugada,

é tua morte.

O teu sorriso,

alucinação,

és o próprio cão.

À busca de almas,

és sinistro,

não te acalmas.

Belzebu, mau cheiroso,

enxofre e fel,

és mui desastroso.

Demônio da noite,

anjo caído,

não temo o açoite.

Estou com Deus,

ele deu-me a luz,

e aos meus.



Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 23/03/2006
Reeditado em 25/03/2006
Código do texto: T127503
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
9716 textos (1830240 leituras)
2 áudios (1231 audições)
101 e-livros (6641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 13:10)
Maurélio Machado