Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RAIMUNDO CAIO

Ergue muralhas,
E ele mesmo se desfaz,
Qual névoa ao vento,
Ainda escuto os passos,
Que ecoam na estrada deserta,
Nem o vento pode lhe trazer,
Sigo o caminho sózinha,
Agora tão vazio,
Muralhas nos separam,
E ainda sente ameaça,
Tolo
Pensa que amor fere?
Ri
Ri mesmo
Mas não esqueça de fechar a porta,
E eu não a abrirei mais...
Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 03/04/2006
Código do texto: T133161


Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
958 textos (94833 leituras)
76 áudios (9336 audições)
1 e-livros (310 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 13:55)
Syl Signoretti