Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exílio

 



Esses versos são meus...
De que me serve esse sentir?
O dia pousa na janela...
Por trás da porta espreito a vida...
É mais seguro aqui dentro.
Esses versos nada mais são
Que o velar do resto.
No esquife segue o silêncio.
O não sentir.
Tarada a morte beija a boca da madrugada,
No cio do poema vazio.
O exílio... Ah, esse é meu esconderijo...
Me escondo na poesia.

Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 08/11/2011
Código do texto: T3324303

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
293 textos (29127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/20 03:32)
Laura Duque