Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ANDANÇAS

Continuo a seguir adiante...
Continuo a romper as fronteiras da vida,
Não que eu seja um aventureiro, um retirante,
Não que a minha nobre razão esteja perdida.

É que algo me impulsiona a caminhar...
É uma inquietude,
Uma mudança constante de atitude,
Não posso parar...

Sigo, prossigo como um cavaleiro andante,
Como um mentecapto em busca de motivos,
Em busca de objetivos,
Como um Dom Quixote em busca de sua amada;
Num galope errante, distante, rasante,
Num rasgo alucinante.

E mesmo quando a força motriz se findar,
Eu sei; continuarei a trilhar...
Pois, darei pernas à minha sensibilidade,
E a romper outras fronteiras, vou continuar,
... Até que eu possa cruzar com a eternidade.



DELEY
Enviado por DELEY em 21/02/2007
Código do texto: T388737


Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
5391 textos (205260 leituras)
4 e-livros (1667 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 15:55)
DELEY