Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos sem medo

As lágrimas não caem

você me olhou com tanto medo

depois de ter dito e descrito tantos segredos



Era alguém batendo à porta

tão sedento... tão perdido

E eu de certo que nunca fui,

por que isso de ser...

sabe-se lá quando.

sabe-se lá o que,

é certo que nunca fui mais errado

você, sem lágrimas, chorava calada

e á porta o maldito som retombava...



pela barbas que eu não tenho

ah eu queria uma arma!



Quase nenhum som...

mãos trêmulas



Uma pequenina lágrima,

um soluço mudo

...

Olhos sem medo











Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 08/05/2013
Código do texto: T4280268
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 34 anos
328 textos (15832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/21 23:13)
Dil Erick