Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Me distraio

Sou a inveja do vento
Mas deixei de me distrair
Com os rotos invernos
Há mais de setenta sinos

Naquela cruz, largada sobre os teus pés
Abdiquei eu de fazer histórias,
Dos mais belos vestidos de tule
Sem jamais recusar todos os sete pecados

Todo desconforto dos poemas,
Todas as tuas bocas,
Tudo o que sempre foi o meu caos
Se transformou nos nossos anseios mais toscos

Foi longe de hoje, que tu recusaste
Minha pequenina porção de angelicais toques
Foram de forma descontínua que permiti levar-me
Para o meio da tua soberba

Vendi os meus sapatos,
Salguei os meus olhos,
Acarinhei as lápides,
Brinquei enfim de ser besta

Deixei de ter mãos,
Minha grama não mais gorjeava
Ou se quer minha identidade tinha cor,
Rocei pela última vez nas janelas inconstantes de minha vala

A mais bela de todas as pegadas
Foi então refeita sem esmero algum
Mas sei eu que feri todos os teus vales
Sem tu afagar os meus já velhos urros.
Stephanie Correia
Enviado por Stephanie Correia em 01/07/2007
Código do texto: T547700
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Stephanie Correia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
71 textos (3490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 17:19)
Stephanie Correia