Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dose de escuridão

Estou pregada  no chão, corpo pesado
Pesadelos na noite, dose de escuridão
Gargalo  farto, bebida forte, só e ilusão
Música longe, notas de confusão, lado

A, B, Coração, vinil velho, muito riscado
Tocando a canção, e  olor  almiscarado
Passeia pelo ar, em notas de sensação
Toque suave, do  mundo e a nave, chão

Decoração e cada nova vontade, repele
A pele que arrepia de frio,  fome da Lua
É ver poeta  devorando cada verso, nua
Alma tão sua, flor e universo; meu, dele.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 09/11/2018
Código do texto: T6498146
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1202 textos (36374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/18 03:40)
Meri Viero